A “reconstrução depois da tormenta” é tema do último episódio da série Coronavíru$

SÃO PAULO – “Passamos pela tormenta, agora é reconstruir.” A frase do gestor Henrique Bredda, sócio da Alaska, resume o tema do quarto e último episódio da websérie Coronavíru$: a pandemia no mercado e nos negócios.

Produzida pelo InfoMoney, a série acompanhou o dia a dia de gestores, empresários e analistas durante quatro meses e mostrou as mudanças que aconteceram em meio à pandemia.

PUBLICIDADE

Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do Banco Central e fundador da gestora Mauá, destacou como o Brasil deve sair diferente da crise.

As reformas que estavam sendo conduzidas para “tornar a situação fiscal do país sustentável terão de ser mais profundas”, porque o endividamento vai aumentar, afirmou Figueiredo (para assistir ao episódio, basta clicar no link acima).

Os entrevistados também falaram sobre a expectativa com a reabertura da economia. Para Edécio Cunha Neto, professor e pesquisador do Incor, a economia deve “fica de vaga-lume, liga-desliga, a depender da saturação do sistema de saúde”.

“Estamos à mercê de uma vacina funcionar e ser distribuída no mundo todo”, completou Cunha Neto, que faz parte da equipe do Incor que está desenvolvendo uma vacina brasileira contra o coronavírus.

Também foi abordada no episódio a crise política que o Brasil passou a viver em plena pandemia, com a saída de ministros e divergências em diferentes níveis do governo.

Ainda que reconheça a gravidade dos problemas, Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP, disse que é importante “encarar a crise com olhar construtivo”. Não é ser sempre otimista, afirmou, mas saber que as crises passam.

PUBLICIDADE

Depois de reduzir a projeção para o Ibovespa no fim do ano para 94 mil pontos, revisão feita no auge do pessimismo, a XP aumentou a estimativa para 112 mil pontos. “O mercado vai continuar tomando risco e mirando o cenário pós-pandemia”, disse Ferreira.

Veja aqui os outros três episódios da websérie.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Websérie Coronavíru$ retrata o drama de empreendedores e a reinvenção dos negócios em meio à pandemia

SÃO PAULO – Depois de provocar dias de pânico no mercado financeiro, a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus atingiu duramente as empresas, com efeitos imediatos no mercado de trabalho.

O início das medidas de isolamento levou milhões de pequenos empresários a reduzir drasticamente as atividades – e, em alguns casos, a fechar as portas.

PUBLICIDADE

Houve uma onda de corte de salários e demissões – e quem continuou empregado teve a rotina transformada.

Essa nova realidade é tema do terceiro episódio da websérie Coronavíru$: a pandemia no mercado e nos negócios (para assistir, basta clicar no link acima). Produzida pelo InfoMoney, a séria acompanhou o dia a dia de gestores, empresários e analistas em meio à pandemia.

Um dos entrevistados é Renato Menezes, dono da Viva, uma empresa especializada em eventos. Presente em cerca de 200 cidades do país, a Viva praticamente parou em março. Os negócios de sua esposa, Fernanda Lima, dona de uma agência de turismo digital, também sofreram.

Ao longo do episódio, eles mostram as medidas que adotaram para enfrentar a crise – e tentar manter seus funcionários – e também contam o drama pessoal que viveram. Fernanda foi diagnosticada com coronavírus no oitavo mês de gravidez.

Muitos dos depoimentos foram gravados quando o governo anunciou as primeiras medidas de auxílio para tentar conter os impactos da crise na economia, e os entrevistados analisaram seus efeitos potenciais.

“O pacote não vai fazer com que o PIB não caia. O PIB vai cair. Mas as pessoas vão sofrer menos que essa queda toda”, diz Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do Banco Central e sócio da gestora Mauá.

PUBLICIDADE

“Cerca de 70% da população brasileira não tem dinheiro guardado. Se perderem a renda, as pessoas não têm o que comer”, diz Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP.

“Esta crise está começando nos pequenos empresários e subindo a cadeia. Por isso, é mais difícil que medidas macroeconômicas de auxílio consigam segurar os empregos”, acrescentou Ferreira.

O episódio mostra ainda trechos de lives com empresários e executivos feitas por Letícia Toledo, apresentadora do podcast Do Zero ao Topo, nas primeiras semanas da crise.

Um dos entrevistados foi John Rodgerson, CEO da Azul, que, como tantas empresas aéreas, teve de adotar medidas emergenciais para sobreviver. “O momento não é de ganhar dinheiro, mas de salvar empregos e salvar a empresa”, afirmou.

Outra entrevistada no episódio, Sofia Esteves, fundadora da Cia de Talentos, falou sobre o medo de demissões que passou a rondar os profissionais e sobre a adaptação à rotina de reuniões e treinamentos digitais.

A websérie tem quatro episódios, que são lançados às quintas-feiras no Youtube do InfoMoney. Assista ao primeiro e ao segundo.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Websérie Coronavíru$: segundo episódio mostra o choque do home office e das primeiras semanas da quarentena

SÃO PAULO – Os primeiros impactos da quarentena são o tema do segundo episódio da websérie Coronavíru$: a pandemia no mercado e nos negócios, produzida pelo InfoMoney.

Henrique Bredda, sócio da Alaska, Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP, Thiago Salomão, apresentador do podcast Stock Pickers, e Samuel Ponsoni, analista de fundos da XP, falaram do caos que tomou conta dos mercados nas primeiras semanas da quarentena.

PUBLICIDADE

“Surgiu a boataria de que a gestora poderia acabar, de que o fundo poderia quebrar. Foi muito desgastante”, diz Bredda. O Alaska Black, principal fundo da casa, caiu 15% em fevereiro e mais 60% em março (e sobe desde abril, mas ainda está quase 50% negativo no ano).

Para explicar o que estava acontecendo e acamar os ânimos, em meados de março, Bredda e outros dois sócios da Alaska, Ney Miyamoto e Luiz Alves Paes de Barros, um dos maiores investidores da Bolsa brasileira, fizeram uma live que foi assistida por milhares de pessoas no Instagram.

Os entrevistados também contaram como foi a transição para o home office. “Tudo vira trabalho”, disse Ferreira.

A websérie tem quatro episódios, que serão lançados às quintas-feiras no Youtube do InfoMoney (assista ao primeiro).

Os demais entrevistados são Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do Banco Central e sócio da gestora Mauá; Sofia Esteves, fundadora da Cia de Talentos; e Renato Menezes, CEO da empresa de eventos Viva.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

O mês dos 6 circuit breakers: série do InfoMoney mostra a evolução da crise do coronavírus no mercado e nos negócios

SÃO PAULO – Março de 2020 entrou para a história como um dos períodos mais dramáticos de que se tem notícia no mercado financeiro.

O surto de coronavírus foi classificado como pandemia naquele mês e o pânico se espalhou entre os investidores de forma acelerada.

PUBLICIDADE

Em apenas duas semanas, os índices de ações de diferentes países caíram entre 30% e 40%. A Bolsa brasileira teve, em março, seis circuit breakers, mecanismo que interrompe as negociações quando o Ibovespa cai de forma abrupta.

A websérie Coronavíru$: o impacto da pandemia no mercado e nos negócios acompanhou de perto a evolução da crise a partir de depoimentos de gestores, empresários e analistas.

Neste primeiro episódio, Samuel Ponsoni, analista de fundos da XP, e Thiago Salomão, criador e apresentador do podcast Stock Pickers mostram os efeitos iniciais da crise e como as expectativas dos investidores mudaram radicalmente em março.

Eles falam também sobre a então nova rotina do home office, que pouca gente imaginava que duraria tanto tempo (assista ao episódio no link acima).

A websérie tem quatro episódios, que serão lançados a cada semana no Youtube do InfoMoney.

Os demais entrevistados são Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do Banco Central e sócio da gestora Mauá; Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP; Henrique Bredda, sócio da gestora Alaska; Sofia Esteves, fundadora da Cia de Talentos; e Renato Menezes, CEO da empresa de eventos Viva.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email: